segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Sete superdotados notáveis

Os superdotados representam apenas 2% da população mundial e dão um show em várias áreas do conhecimento. Conheça sete jovens geniais, com talentos que vão da medicina ao mundo das artes.

HARMONIA PRECOCE
MARC YU
7 ANOS
ESTADOS UNIDOS
MÚSICA

Aos 2 anos, Marc ouviu uma canção numa festa. Pouco depois, sentou ao piano e executou a música sem nenhum erro! Um ano depois, já tocava Beethoven. Hoje, é capaz de tocar mais de 40 clássicos sem olhar a partitura. Seu talento e sucesso permitiram que ele fizesse um dueto com seu grande ídolo, o pianista chinês Lang Lang, de quem ganhou o apelido de “pequeno Mozart”. Para reforçar o talento, Marc pratica até oito horas de piano por dia.
Simpático e contador de piadas, já participou de vários programas de TV nos Estados Unidos. Além disso, foi um dos casos estudados como exemplo de gênio nato na série de TV Mente Brilhante, produzida pelo canal National Geographic.


CONHECIMENTO GLOBAL
ANTONIA MURAD
9 ANOS
BRASIL
ARTES, MATEMÁTICA E MÚSICA

O diferencial desta carioca é a habilidade em diferentes áreas de conhecimento, numa espécie de superdotação global. Além de ser fera em matemática, Antonia tem uma veia artística muito desenvolvida e, com 1 ano e 7 meses de idade, já falava com vocabulário de um adulto culto. Clara Sodré, diretora da Assessoria Cultural e Educacional no Resgate a Talentos Acadêmicos (Acerta) define a menina como brilhante: “Aos 7 anos, ela entrou numa oficina de arquitetura. Na hora de fazer os móveis da maquete, em papel, fez tudo em dobraduras e em três dimensões!” Além do colégio, Antonia faz aulas de inglês, balé, teatro, toca piano clássico e (ufa!) é soprano em formação!

9 + 5 = MESTRADO
MARCH TIAN BOEDIHARDJO
9 ANOS
CHINA
MATEMÁTICA

Em setembro do ano passado, March tornou-se o mais jovem universitário chinês. Mas isso não o impressionou: ele achou o primeiro dia de aula na faculdade chato, igual à escola... Antes de chegar lá, March se destacou como um crânio em matemática, estudando em uma escola britânica especializada em ensino individual. Quando terminar os cinco anos do curso universitário, criado especialmente para ele, March será um matemático com mestrado em filosofia, e com apenas 14 anos de idade! O mais incrível é que seu irmão mais velho, Horatio, também é superdotado. Há dois anos, quando tinha 14, Horatio foi aceito na Universidade de Oxford, na Inglaterra, trazendo a família junto para o ocidente.


JEITÃO DE PRESIDENTE
GREGORY ROBERT SMITH
17 ANOS
ESTADOS UNIDOS
ACADÊMICA E SOCIAL

Com 1 ano, Gregory resolvia problemas de matemática. Aos 5, memorizava livros de Júlio Verne. Terminou o ensino médio aos 9, e, aos 13, recebeu o diploma de graduação em matemática! E tem mais: Gregory é presidente de uma fundação dedicada a jovens carentes e viajou pelo mundo para discutir o futuro do planeta com líderes como Mikhail Gorbachev (da Rússia) e Bill Clinton (ex-presidente americano). Resultado: foi indicado por dois anos consecutivos, em 2002 e 2003, ao Prêmio Nobel da Paz! Linda Silverman, diretora do Centro de Desenvolvimento de Superdotados de Denver, nos Estados Unidos, diz: “Em 40 anos de estudo, nunca vi um caso como o dele”.


CORAÇÃO DE ESTUDANTE
ANDREW ALEXI ALMAZÁN ANAYA
12 ANOS
MÉXICO
MEDICINA

Andrew quer ser cardiologista e já deu o passo inicial em agosto: ele entrou na Universidad de las Américas Puebla (UDLAP) para cursar medicina e psicologia. Já de olho no prodígio, a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos, busca acordo com a instituição mexicana para que o médico mirim obtenha um duplo diploma. Andrew estudou na escola comum até o 3º ano do primário. A implicância dos colegas devido ao seu superdesempenho fez com que ele largasse o colégio e passasse a estudar por conta própria. Em apenas um ano e um mês Andrew conseguiu ser aprovado nos exames dos ensinos fundamental e médio! Na UDLAP, a pedido de seus pais, ele só não vai participar de necropsias e dissecações.

ADVOGADO JÚNIOR
RICARDO TADEU CABRAL DE SOARES
31 ANOS
BRASIL
DIREITO

Hoje, Ricardo já é um trintão, mas em 1993, quando tinha 17 anos, entrou para o Guiness Book como o mais jovem advogado do mundo a receber o diploma de direito. Um ano depois, concluiu o mestrado em Harvard, batendo outro recorde: o de mais jovem mestrando em ciências jurídicas da famosa universidade. Ricardo começou a ler aos 3 anos de idade e aos 6 cursava o ensino fundamental em uma escola e o médio em outra, porque a primeira instituição não havia permitido que ele pulasse as séries. Foi aprovado em primeiro lugar no vestibular para direito quando estava na 8ª série! Seu pai conseguiu uma liminar para que Ricardo freqüentasse a universidade apesar da pouca idade.


BRINCANDO DE MÉDICO
MAXIMILIANO ARELLANO DE LA NOÉ
7 ANOS
MÉXICO
MEDICINA

Com 3 anos, Max sabia todas as capitais do mundo. Depois, começou a se interessar por livros de medicina. Seu conhecimento é tão espantoso que ele já deu várias palestras na Faculdade de Medicina da Universidad Autónoma do México, deixando professores boquiabertos. Em abril de 2006, o menino, que se diz especialista em osteoporose, lotou um auditório para 350 pessoas. Sua mãe quer que ele estude, além das matérias do colégio, disciplinas de medicina, para que ganhe um diploma de médico aos 13 anos. Porém, o diretor da faculdade que recebeu suas palestras acha difícil a universidade se adaptar para acolher uma criança tão nova.


Vi no O Buteco da Net

4 mil comentários:

Anônimo disse...

Achei muito bom mas deu a parecer q os "super dotados" nao tem uma vida noemal.eu sou super dotado e tenho uma vida normal(qi e de 145)

José disse...

Se vc é superdotado, com certeza não é em português. Acho que vc acrescentou "1" na frente do seu QI. Veja de novo o resultado.

Anônimo disse...

Com toda essa inteligencia me sinto um animal

Anônimo disse...

Tenho todas as caractérísticas de uma pessoa super dotada. Nunca fiz testes para constatar oficialmente. Na infância sofri porque não tinha um ambienet estimulador e desafaidor que esperava por isso acabei confundida com uma aluna com dificuldades de aprendizado. Mas com o decorrer do tempo fui descobrindo que eu era sim diferente. Até alguns colegas, inclusive da faculdade diziam que eu não era normal. Hoje sabendo da possibilidade de ter superdotação intelectual fico mais aliviada porque sei o porque da necessidade de grandes desafios para me sentir bem.



GANHE DINHEIRO!
Entenda como funciona na conferência aqui: sala.luvre.com.br
Não é necessário senha.
Conferências de 2ª a 6ª feira as 22:00 horas.