sexta-feira, 5 de junho de 2009

A Vaselina

Rita e seu namorado estavam em seu quarto dando uma. A sua mãe termina o almoço e começa a chamar:
- Rita, o almoço está pronto!
- Já vou mãe, não demoro.
- Eu sei o que eles estão fazendo! - diz Joãozinho, o irmão mais novo.
- Deixa de ser intrometido e cala a boca!
- Rita, anda! Vem prá mesa! Diz a mãe
- Já vou, mãe!
- Rá, rá, rá, eu sei o que eles estão fazendo! continua o pestinha.
O pentelho leva um tabefe e cala a boca.
Passada quase meia hora, a mãe, novamente:
- Rita, se apressa que a comida vai esfriar!
- Oh mãe, já vou..., diz a filha, quase a chorar...
O Joãozinho então começa a rir e diz:
- Eu sei o que eles estão fazendo... Hahaha
A mãe diz: - Fala então peste...
- A Rita me pediu o tubo da vaselina... e eu dei o de Super Bonder!!!

Dica da Daniella por e-mail.

quinta-feira, 4 de junho de 2009

3 Namoradas

Um homem tinha três namoradas e não sabia com qual delas deveria se casar.
Resolveu, então, fazer um teste para ver qual estava mais apta a ser sua mulher. Tirou R$ 15 mil do banco, deu R$ 5 mil para cada uma e disse:
- Gastem com o que quiserem.
A primeira foi ao shopping, comprou roupas, jóias, foi ao cabeleireiro, salão de beleza, etc... Voltou para o homem e disse:
- Gastei todo o seu dinheiro assim para ficar mais bonita para você, para lhe agradar. Tudo isso porque amo você.
A segunda foi ao mesmo shopping, comprou roupas para ele, um cd player, uma televisão tela plana, dois pares de tênis para jogar basquete,tacos de golfe e filmes pornôs. Voltou para o homem e disse:
- Gastei todo o seu dinheiro assim para lhe fazer mais feliz, lhe agradar. Tudo isso porque amo você.
A terceira pegou o dinheiro e aplicou em ações. Em três dias duplicaram e o dinheiro investido, retornou os R$ 5 mil para o homem e disse:
- Apliquei o seu dinheiro e ganhei o meu. Agora posso fazer o que quiser com o meu dinheiro. Tudo isso porque eu amo você.
Então o homem pensou, pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou..,
Pensou...
Pensou...
Pensou...
(homens demoram para pensar...)
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou...
Pensou..
Pensou...
Pensou...
Pensou..
Pensou...
E escolheu aquela que tinha a bunda maior!

Dica da Laís por e-mail. (por isso que diz acima que homens demoram pra pensar :-/ )

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Loira manobrista

A Loira arrumou um emprego de manobrista num restaurante.
Logo, chega o primeiro cliente para retirar o carro, e diz:
- O Celta preto.
A Loira responde:
- Tá sim... e acho que vai chover!

Photobucket

Não entendeu? Mula!
O trocadilho tá no Celta, que fica Céu esTá...

Dica da Bárbara por e-mail.

terça-feira, 2 de junho de 2009

A américa do sul como ela é

Achei por aí na internet...


Clique aqui para ampliar (abre numa nova tela)

Convenhamos todos que exageros à parte, a maior parte infelizmente é verdade.

segunda-feira, 1 de junho de 2009

A vingança da esposa

Casamos novos. Ela com 19 e eu com 20 anos de idade.
Lua-de-mel, viagens, mobílias na casa alugada, prestações da casa própria e
o primeiro bebê.
Anos oitenta e a moda era ter uma filmadora do Paraguai. Sempre tinha um
vizinho ou amigo contrabandista disposto a trazer aquela muambazinha por um
preço módico.
Ela tinha vergonha, mas eu desejava eternizar aquele momento.
Invadi a sala de parto com a câmera no ombro e chorei enquanto filmava o
parto do meu primeiro filho.
Todo mundo que chegava lá em casa era obrigado a assistir ao filme.
Perdi a conta das cópias que fiz do parto e distribuí entre amigos, parentes
e parentes dos amigos.
Meu filho e minha esposa eram o meu orgulho.
Três anos depois, novo parto, nova filmagem, nova crise de choro. Como ela
categoricamente disse que não queria que eu filmasse, invadi a sala de parto
mais uma vez com a câmera ao ombro. As pessoas que me conhecem sabem que
havia apenas amor de pai e marido naquele ato. O fato de fazer diversas
cópias da fita era apenas uma demonstração de meu orgulho.
Nada que se comparasse ao fato de ela, essa semana, invadir a sala do meu
urologista, câmera ao ombro, filmando o meu exame de próstata. Eu lá, com as
pernas naquelas malditas perneiras, o cara com um dedo (ele jura que era só
um!) quase na minha garganta e a mulher gritando:
- Ah! Doutor! Que maravilha! Vou fazer duas mil cópias dessa fita! Semana
que vem estou enviando uma para o senhor!
Meus olhos saindo da órbita a fuzilaram, mas a dor era tanta que não
conseguia falar. O miserável do médico girou o dedo e eu vi o teto a dois
centímetros do meu nariz.
A mulher continuou a gritar, como um diretor de cinema:
- Isso, doutor! Agora gire de novo, mais devagar. Vou dar um close agora...
Alcancei um sapato no chão e joguei na maldita.
Agora, estou escrevendo este e-mail, pedindo aos amigos que receberem uma
cópia do filme, que o enviem de volta para mim.. Eu pago o reembolso.

Dica da Daniella por e-mail.



GANHE DINHEIRO!
Entenda como funciona na conferência aqui: sala.luvre.com.br
Não é necessário senha.
Conferências de 2ª a 6ª feira as 22:00 horas.