quinta-feira, 13 de março de 2008

Marca-passos sofrem ataque de hackers

A tecnologia e a medicina tem evoluído muito. E evoluíram tanto que os atuais marca-passo para pessoas que possuem algum problema no coração não necessitam mais de cabos pra fora do corpo da pessoa.
Os atuais marca-passos carregam sua bateria através de ondas eletromagnéticas vindas do exterior do corpo do paciente, e as informações contidas no marca-passo são visualizadas através da tecnologia wireless.
E é esta tecnologia comum que permite que hackers invadam o marca-passo e possam até matar uma pessoa!
Leia a matéria completa aqui, ou leia meu resumo abaixo.


Link da notícia

Nos testes realizados em laboratório, vários marca-passos foram invadidos. Informações como batimentos por minutos, nivel de bateria e rotina de ação foram roubadas.
Além disso tudo, os cientistas conseguiram alterar o programa do marca-passo, chegando tanto a desligar ele por completo, quanto fazer ele dar descargas elétricas suficiente pra matar o paciente!
Por ser wireless, o marca-passo pode ser atacado de muito longe!
Até hoje nenhum caso de marca-passo hackeado foi relatado, mas os cientistas mostraram os perigos desta tecnologia.

1 mil comentários:

Rui Fragassi disse...

Relacionado a este tema: atualmente há uma tendência de convencer a população para que aceitem a implantação de micro-chips [RFID] para uma infinidade de propósitos, como rastrear 24 horas por dia as pessoas (principalmente as medrosas, com medo de seqüestro). Esse dispositivo também pode ser usado para matar as pessoas à distância (basta provocar, via wireless, um curto-circuito no chip, que libere desta forma algum veneno bem forte, como cianureto). Tome cuidado com essas novas tecnologias... Mais informações no meu blog:

http://saudeperfeitarfs.blogspot.com

Abraço, Rui.



GANHE DINHEIRO!
Entenda como funciona na conferência aqui: sala.luvre.com.br
Não é necessário senha.
Conferências de 2ª a 6ª feira as 22:00 horas.